13 de maio de 2011

Missão AMME

AMME é a missão que ajuda as igreja evangélicas brasileiras a cumprir sua missão bíblica de evangelizar todo mundo: motivando, treinando, suprindo e apoiando.

Fundada nos primeiros dias do ano 2000 pelo missionário José Bernardo, AMME é uma missão evangélica, brasileira, independente e não denominacional. A missão tem estatutos de associação civil religiosa e está registrada no CNPJ sob número 04.035.720/0001-43 com a razão social Associação de Missionários Mantenedores da Evangelização – AMME. Para fins de comunicação, a missão utiliza juntas as marcas AMME Evangelizar, ambas marcas registradas da AMME.

Visão: No dia 11 de agosto de 1997, depois de um período de entristecimento por causa da situação da Igreja Brasileira, durante um período de oração, o pastor José Bernardo foi tomado de forte comoção. Ele sentia como se o Senhor estivesse lhe perguntando se ficaria apenas reclamando da situação da Igreja ou se estaria disposto a fazer alguma coisa. Humilhado na presença de Deus, ele sentia que nada podia fazer, então se sentiu disposto a estudar a segunda carta de Paulo a Timóteo em busca de respostas.

Enquanto lia aquela carta, testamento do apóstolo Paulo que morreria em alguns dias depois de dedicar cerca de trinta anos de vida à pregação do Evangelho, o fundador da AMME foi confrontado com o fato de que Paulo se deparava com cenário semelhante: líderes corrompidos, crentes enfraquecidos e contaminados e uma igreja vacilante diante de um mundo dominado pelo pecado. O que chamou a atenção naquele momento foi o fato de que Paulo não estava desanimado ou entristecido. Ele considerava que sua carreira havia terminado, mas exortava a Timóteo que continuasse evangelizando, pois, somente assim o ministério dele seria completo.

Esta era a resposta! Paulo não considerava que devia evangelizar somente quando tudo estivesse bem. Ele via a evangelização como solução! Desde aquele momento, e no dia seguinte, José Bernardo escreveu um projeto de ampliação da evangelização e o chamou de “Todo Mundo”. Nos primeiros dias do ano 2000, depois de um período de crescimento e aprendizado, começaram as ações que culminaram no registro oficial da AMME no dia 10 de agosto daquele ano, três anos após receber a visão que até hoje orienta as ações da AMME: Se há algo que podemos fazer pela Igreja Brasileira é ajudá-la a cumprir sua tarefa de evangelizar.

Resultados: O primeiro ano da AMME foi uma prova de perseverança. O casal, Vasti e José Bernardo, dispôs de todas as suas economias, viajando e enviando correspondências para centenas de pastores em todo o país, oferecendo ajuda para a evangelização. Naquele ano, apesar dos esforços, somente uma única igreja aceitou a ajuda: uma congregação das Assembleias de Deus com apenas quarenta membros, na região de Cordovil no Rio da Janeiro – RJ. Uma igreja que nunca tinha evangelizado recebeu toda a ajuda que a AMME pôde reunir e, em uma semana, evangelizou cerca de 6.000 pessoas. Isso transformou a igreja. Porém, para o missionário José Bernardo e os primeiros missionários que já estavam com ele, aquilo não era suficiente. Como alcançar todo o Brasil se somente uma igreja fosse ajudada a cada ano?

No segundo ano, o Senhor abriu as portas: recursos, estratégias, parcerias e gente interessada em evangelizar possibilitaram o envolvimento de mais de quatrocentas igrejas em oito Estados e a distribuição de treinamento e material suficiente para evangelizar cerca de 5.000.000 de pessoas. No terceiro ano, repetiu-se o resultado; agora, com mais igrejas em mais Estados, a AMME também lançou novos projetos e se estabeleceu no cenário missionário do país. No quarto ano, foram distribuídos material e treinamento suficientes para evangelizar 9,6 milhões de pessoas; no quinto ano, a AMME chegou a 15 milhões de pessoas e desde então tem mantido uma média de 10 a 12 milhões de pessoas evangelizadas a cada ano.

Na campanha BRASIL2010, no ano em que completou 10 anos de fundação, a AMME Evangelizar avançou de modo extraordinário, envolvendo 7.571 igrejas, treinando 18.561 líderes e fornecendo 18.961.000 literaturas, para evangelizar 10% da população brasileira em apenas um ano. Junto com estes números grandiosos, chegam diariamente à Casa da Palavra, sede da AMME, testemunhos do despertamento de igrejas, abertura de outras e muitas, muitas vidas transformadas para a glória de Deus em Cristo que nos chamou para essa boa obra.

http://www.evangelizabrasil.com/about/

Um comentário:

  1. Conseguir algumas revistas da AMME, e tenho feito a distribuição as pessoas. Nos cultos no quartel militar e a algumas igrejas sem condições financeira para comprar literaturas; Em algumas escolas particulares também distribuir. Uma bênção para aqueles que a adquirem e lêem; suas vidas jamais serão a mesma.Mais não tenho como conseguir outras já que foi uma doação que recebi de uma pessoa que não conheço.Vejo as pessoas com um olhar muito atento quando recebem, outras pedem para levar para amigos e parentes, é mesmo uma bênção! Esse é um trabalho sério e compensador. O Senhor continue abençoando aqueles que contribuem para que a AMME possa continuar crescendo mais e mais.

    ResponderExcluir