26 de fevereiro de 2010

O BRASIL PARA CRISTO

Mário Barreto França

Levanta o teu olhar, ó mocidade crente,
Até onde puder chegar teu sonho ardente!
E vê todo esplendor de nossa Pátria amada,
Toda a grandeza, toda a fortuna ignorada,

Que seriam no mundo o máximo luzeiro,
Se as soubesse explorar o povo brasileiro!
Porém tu — mocidade! — aceita o sacrifício
De, com a Bíblia na mão, ir combater o vício,

A miséria, a indolência e o pecado infecundo
Dos que vivem sem fé, chorando pelo mundo.. .
Desfralda o pavilhão do Evangelho de Cristo
E acorda este país para a crença, porque isto

É o problema moral de maior relevância
Pra salvar a velhice e restaurar a infância
Ou para entusiasmar a pobre humanidade
Nas lutas pelo bem, no amor pela verdade.

A Crença é que desperta o gosto pelo estudo,
O amor pelo trabalho empreendedor, por tudo
Que representa, em si, o progresso de um povo!
Anuncia, portanto, esse amor sempre novo

Que Cristo nos legou e no qual te iluminas,
Sorvendo a inspiração nas páginas divinas!
Em ti é que o Brasil descansa o seu futuro!
E, que farás, então, para vê-lo seguro

Na base do progresso e à vanguarda do mundo,
Cristãmente feliz, sabiamente fecundo?
Olha-o na solidão cruel do extremo norte!
Inculto, sendo rico; estéril, sendo forte!

Contempla-o no Nordeste, entre as secas tremendas;
Ali, nesses sertões, da crendice e das lendas,
De anônimos heróis ou míseros escravos,
É que a Pátria suporta os maiores agravos...

É o Brasil de Goiás, de Minas, Mato Grosso,
Do Amazonas, Pará... desse eterno colosso,
Que dorme o sonho vão da força adormecida
E anseia despertar para o esplendor da vida!

É o Brasil infeliz das tribos decadentes,
Expostas à cruel exploração das gentes,
Donos de tanta cousa é sem direito a nada,
No império colossal da mata torturada.

É o Brasil de São Paulo, a rir nos cafezais,
Brasil do industrial, do garimpeiro audaz;
Brasil do extremo sul, dos pampas verdejantes
Que, coberto de bois, vão se perder distantes...

É o Brasil do campônio e do honesto operário,
Do que arrasta na vida o trágico fadário
De ver o seu labor tão mal recompensado,
Mas sempre esperançoso e sempre conformado...

Brasil comercial, ou Brasil idealista,
A tudo — mocidade! — alonga a tua vista,
E desfralda com fé a bandeira da paz,
E prega a salvação, e não te cales mais!

Levanta o teu olhar, ó mocidade crente,
Até onde puder chegar teu sonho ardente!
E, a crença a proclamar sob este céu de anil,
Conquista para Cristo o povo do Brasil!

(Extraído do livro Antologia Missionária , da Junta de Missões Nacionais.)
(Florilégio Cristão, Rosalee M. Appleby)

2 comentários:

  1. Obrigado por seguir o meu blog

    Que Deus te abençoe.

    ESTOU SEGUINDO O SEU BLOG.

    Link: "http://aureliomcgomes.blogspot.com/"

    Que Deus te abençoe.

    Seja bem vindo ao "Blog Eu Sou o Mensageiro!",
    volte sempre que quiser.
    Espero te receber lá mais vezes

    Amo ler seus comentários e tenho prazer em responde-los

    "clique aqui http://aureliomcgomes.blogspot.com/"

    Fique na paz do Senhor
    Será um prazer ler seus comentários,
    Faça um Blogueiro mais feliz, COMENTE!

    Atenciosamente,
    "Aurelio MC Gomes - Blog Eu Sou o Mensageiro!"

    ResponderExcluir
  2. O BRASIL PARA CRISTO:
    INTERESSANTE,NEM CLIQUEI NESTA PARABOLA E ENTROU! DENOMINAÇÃO DO CHAMADO MISSIONÁRIO POR DEUS ONDE MUITAS COISAS OCORRERAM,OBRAS DAS MÃOS DO OLEIRO SE FIRMARAM,SEU SOBRENATURAL NA INTIMIDADE EM MINHA VIDA,TANTOS OBSTACULOS,TANTOS APONTAMENTOS,INCREDULIDADES,FALTA DE TEMORES,OBEDIENCIAS,E TUDO SE CUMPRIU,MAS MINHA ALMA SE ABATEU APÓS TUDO ISSO,E JÁ NÃO SOU MAIS A MESMA,ESTAQUEI ME,ISOLADA,SEM FORÇAS,SEM DIREÇÃO,ENFIM;PERDI O SENTIDO DA VIDA,NADA MAIS ME FAZ FELIZ.

    ResponderExcluir